Anúncios

Estudo Semanal para 28/01 a 01/02 de 2019

Nesta semana estaremos analisando os seguintes papéis: IBOV, USOIL, PETR4, VALE3, USIM5, CSNA3, TIET11

IBOV

Continuamos aguardando pelo início da correção no IBOV, por enquanto, tivemos mais uma semana de alta, a quinta semana de alta consecutiva.

Por alvos projetados de fibonacci, teoricamente temos um alvo na região dos 98.975 pontos. Fica então a expectativa para a próxima semana.

A perda dos 94.660 pontos (mínima da semana passada) já seria um primeiro sinal de reversão nos preços, inicialmente com alvo na região 87.450 pontos.

USOIL

Tivemos uma semana com o petróleo operando estável. Segue valendo a análise da semana passada.

PETR4

O mesmo vale para a PETR4, semana estável. Candle pequeno com baixo volume, em parte por conta do feriado que tivemos na sexta-feira. Apertem os cintos, devemos ter a volta da volatilidade na próxima semana.

VALE3

A VALE3 até então vinha seguindo o roteiro, realizando um pullback e com as notícias dos últimos dias, parece que está claro que tivemos nosso topo mais baixo registrado na semana passada na região dos 56,15.

Caso a gente esteja certo, devemos ver a VALE3 agora perder o fundo na região dos 49,80 e fazer novo fundo, esse com alvo projetado por fibonacci na região dos 42,60.

USIM5

USIM5 embora esteja com um canalzinho de alta formado, os preços pararam exatamente na retração de 61,8% de fibonacci, ou seja, neste ponto, temos uma decisão que deve ser tomada essa semana, esse é um dos piores lugares para se arriscar iniciar uma operação.

Para compras, só fica interessante caso rompa a região dos 12,15 com um grande pivô e volume, aguardamos o pullback para entrar nas compras.

Caso demonstre fraqueza, a perda dos 7,00 fortalece a visão de uma correção cujo alvo seria a região dos 5,00 por alvo projetado.

CSNA3

CSNA3 teve um topo registrado na região dos 24,80 ainda em Março de 2010, quase 9 anos se passaram e ficamos “devendo” um teste na retração, algo entre 14,00 e 18,00.

Mas foi somente em Agosto de 2015 que o papel encontrou um suporte mais forte, fazendo os preços subirem forte, alcançando os 13,45.

Desde então os preços ficaram presos numa grande congestão, formando um belo triângulo simétrico que está sendo rompido para cima. Tal rompimento projeta o papel para a região dos 18,75.

TIET11

Conforme observamos no estudo da semana passada, TIET11 rompeu com louvor sua grande LTB, deixando um belo candle de alta e seu fechamento na máxima do dia e da semana, só o volume que poderia ter sido melhor, mas sem dúvida considero como um verdadeiro rompimento.

Sendo assim, conforme comentei no estudo passado, o papel só deve encontrar alguma resistência na região dos 12,50. BULLissshh!

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: